Ligue-nos / Call us: 282 457 018

Abcesso Dentário

Abcesso Dentário

Um Abcesso Dentário é um inchaço, com pus (supurativo), que ocorre junto à raiz de um dente e que normalmente provoca dores. A formação dos abcessos pode ter duas causas principais: as cáries ou a agressão dos tecidos próximos dos dentes.

Abcesso Dentário na Clínica PRIVÉ

Se esta a sofrer de um abcesso periapical agudo, pode recorrer ao nosso Serviço de Urgência 24 horas que é um atendimento de urgências dentárias por chamada. O Serviço Urgências Dentárias 24h da Clínica PRIVÉ está também disponível aos sábados, domingos e feriados. Pode ligar para 96 839 4889.

Numa cárie há uma agressão da parte viva do dente (designada de pulpa), onde também existe uma artéria, uma veia e um nervo. Assim, uma cárie provoca a infecção da pulpa e vai depois levar à formação do abcesso, porque a pulpa tem ligação com o exterior do dente através da tal artéria, veia e nervo.

A segunda causa pode derivar de um tratamento dentário. Quando um doente vai desvitalizar um dente, isto é, retirar a pulpa e todo o tecido vivo do dente, são colocados produtos químicos para fechar esse “buraco”. Esses produtos podem causar uma agressão dos tecidos. De qualquer maneira, as cáries constituem a grande maioria das causas dos abcessos.

A falta de tratamento dos abcessos pode originar complicações mais graves e em, situações raras, também originam manifestações sistémicas, ou seja, manifestações para além da zona, que podem ser do foro cardíaco e chegar até ao ponto de uma septicemia, registando-se uma disseminação daqueles micróbios através dos sistemas linfático e arterial. Estas situações, embora raras, são graves e podem levar à morte do doente.

Actualmente, o tratamento dos abcessos faz-se à base de antibióticos e da drenagem do pus no local. O estado em que se encontra o abcesso é determinante para a escolha do tratamento.

O abcesso periapical é um processo supurativo agudo ou crónico da região periapical de um dente.

Abcesso agudo vs. abcesso crónico
Existem dois tipos de abcessos dentários: os agudos e os crónicos, sendo que as causas podem ser as mesmas, embora a reacção do organismo e o nível de agressão sejam diferentes.

No abcesso agudo a agressão é mais violenta e as defesas do organismo reagem de uma maneira mais intensa, ao passo que no abcesso crónico a agressão pode ser menos intensa e/ou a reacção do organismo pode ser mais lenta. Em termos de consequências, são ambos iguais.

No entanto, um abcesso crónico pode desenvolver-se durante meses ou até anos e, habitualmente, não dá sintomatologia. Por isso, muitas vezes, é diagnosticado quando se faz uma radiografia por outro motivo qualquer. Aí, é possível verificar a eventual existência de um granuloma, ou até pode já existir um quisto.

Abcesso Alveolar Agudo (AAA)
O abcesso apical agudo (AAA) é um processo inflamatório agudo, caracterizado pela formação de pus, que afecta os tecidos que envolvem a região apical e tem uma evolução rápida e originando dor violenta.

Pode ser causado por agentes físicos, químicos e microbianos, que são responsáveis por alterações inflamatórias irreversíveis do órgão pulpar (região do dente vivo), com posterior infecção. Os microrganismos que causam a infecção pulpar podem passar do interior do canal radicular para o periápice (ponta da raiz do dente) e causar o AAA.

A dor e o mal-estar provocado pelo abcesso apical agudo têm um aumento rápido e progressivo, com características de um processo inflamatório agudo na região do periápice.

Como em todos os abcessos, o tratamento do Abcesso Apical Agudo, consiste numa drenagem oportuna e eliminar a causa. Se o doente apresentar febre ou perturbações tóxicas, devem administrar-se antibióticos apropriados para atingir um nível sanguíneo alto e rápido.

Espalhe a Palavra...

Close Menu