Ligue-nos / Call us: 282 457 018

Odontopediatria

Odontopediatria

A Odontopediatria é a área da Medicina Dentária que trata das crianças, desde o primeiro ano de vida até à adolescência.

A Clínica PRIVÉ tem médicos dentistas que se dedicam ao diagnóstico, tratamento e prevenção de todos os problemas orais e dentários das crianças.

A Odontopediatria possibilita à criança o primeiro contato com o médico dentista onde será avaliado o estado de saúde oral, controlada a erupção dentária e realizados tratamentos preventivos no caso de serem necessários, tais como:

• Aplicações tópicas de flúor – remineralizam o esmalte evitando a progressão de cáries iniciais e tornam os dentes mais resistentes;

• Selantes de fissura – são como um verniz que torna a superfície do dente lisa e sem locais onde as bactérias normalmente começam as cáries.

O objetivo das medidas preventivas é o de evitar o aparecimento de cáries, pois o futuro da dentição das crianças depende do controle das cáries e da flora bacteriana.

As consultas de Odontopediatria são ainda importantes para ensinar as crianças assim como aos pais, sobre a correta escovagem dos dentes, o uso do flúor e do fio dentário, de forma a garantir a manutenção de uma boa saúde oral.

Espaço para crianças
A pensar na saúde oral das crianças, a Clínica PRIVÉ dispõe de espaços dedicado a estas que assim podem usufruir das nossas instalações com mais alegria e diversão. Nestas zonas, há espaço para a leitura e jogos sobre higiene oral para que, desde pequeninos, comecem a cuidar dos seus dentes da melhor forma.

A partir de que idade e com que regularidade a criança deve consultar um Médico Dentista?
A Clínica PRIVÉ recomenda que a primeira visita ao Médico Dentista seja feita 4-5 anos de vida para prevenir o aparecimento de cárie dentária.

A criança com essa idade tem ainda dentes de leite, que irão ser substituídos, mas que também podem ter cárie, doer e até provocar infeções se não forem devidamente cuidados.

A visita da criança ao Médico Dentista deve ocorrer de 6 em 6 meses e em situações de elevado risco de cárie as visitas devem ser de 3 em 3 meses, de forma a se evitarem muitos problemas futuros.

Em que idade aparecem os primeiros dentes e quando se completam as dentições?
Em média, a erupção da primeira dentição tem início entre os 6 e os 8 meses de idade.

A primeira dentição é constituída por 20 dentes, os denominados “dentes de leite”, cujo rompimento ocorre de forma progressiva.

Quando surgem os dentes definitivos?
Normalmente a partir dos 6 anos de idade, no entanto existe uma grande variabilidade em relação ao momento de erupção dos diferentes dentes. Esta segunda dentição é constituída por 32 dentes, caso apareçam os “dentes do siso”, nunca antes dos 15 anos, podendo levar mais 10 anos ou nunca chegarem a aparecer

Como ajudar a criança no aparecimento dos primeiros dentes?
Durante o aparecimento da primeira dentição as crianças salivam bastante ou roem todos os objetos duros que lhe sejam dados, as gengivas apresentam-se vermelhas, inchadas e dolorosas, podendo também ocorrer vómitos, febre, falta de apetite e diarreia. Para acalmar esta situação pode-se passar pela gengiva uma gaze molhada em água fria, um gel de dentição ou adquirir no mercado, brinquedos de dentição que devem dar-se frios.

Quando deve cessar o uso da chupeta, biberão ou sucção digital?
A sucção é um ato instintivo na criança e chuchar é um comportamento que oferece conforto e segurança à criança, devendo ser encarado como fazendo parte do seu desenvolvimento natural. Mas os hábitos de sucção (chupeta ou biberão) devem ser abandonados até cerca dos 3 anos de idade, atendendo à possibilidade de autocorreção de desarmonias no desenvolvimento das arcadas dentárias. O período entre os 9 e os 12 meses de idade é aconselhado para deixar de usar o biberão. A mudança para um copo também é preferível para a saúde dentária do bebé, tendo em conta que a sucção prolongada de líquidos com açúcar (incluindo sumos e leite) aumenta o risco de cáries.

Quando se devem iniciar os cuidados de saúde oral infantil para prevenir a cárie?
A higiene oral começa logo após a erupção do primeiro dente do bebé e deve-se promover a sua higiene com uma gaze, dedeira ou escova macia, pelo menos duas vezes por dia, sendo uma delas, obrigatoriamente, antes de deitar.

Quais as causas mais frequentes para a ocorrência de alterações de cor dentária numa criança?
A alteração da cor poderá ter várias causas. Assim, para além das lesões de cárie, também há situações traumáticas, perturbações na formação do esmalte e dentina, higiene oral deficiente ou pigmentação extrínseca de origem bacteriana ou alimentar, que por exemplo, podem conduzir a este tipo de situação.

Ao Médico Dentista caberá o correto diagnóstico e eventual intervenção.

As crianças podem usar fio dentário?
O fio dentário remove restos alimentares e placa bacteriana entre os dentes, onde a escova não consegue chegar. As crianças devem começar a usar o fio dentário aos 4 anos. Quando tiverem 8 anos, a maioria das crianças já conseguem usar o fio dentário sozinhas.

Para que serve um selante de fissuras?
O selante é uma resina fluida, uma espécie de “verniz”, que se aplica na superfície fissurada de dentes saudáveis, como medida de prevenção ao aparecimento de lesões de cárie dentária. Pode ser aplicado a partir dos 4 anos.

Este selamento serve para impedir que bactérias e resíduos alimentares penetrem nos sulcos e fissuras, tornando-os impermeáveis, mais lisos e fáceis de limpar. Esta é uma excelente medida de prevenção, mas deverá estar sempre aliada a outras medidas como boa higiene, uso de flúor, controle da alimentação e visitas regulares ao Médico Dentista.

Espalhe a Palavra...

Close Menu